Eu quero voltar pra casa pai

domingo, 13 de novembro de 2011


Pai, eu derrepentemente, decidi ir embora. Me afastei dos teus caminhos sem perceber, procurei a minha vontade e não a tua. Quando o senhor disse que sim eu disse que não, quando o senhor disse que não eu disse que sim. Contrariei as tuas ordens, desordenei as tuas leis. E o pior, influenciei muita gente com este tipo de atitude. Agora pai, eu quero voltar pra casa, mas não consigo. As coisas que eu fiz, são mais fortes do que eu. Eu não tenho forças pra dar passos, pois as pessoas que confiei e que estiveram comigo quando eu estava errando não estão mais do meu lado porque eu decidi mudar o caminho que eu estava que no caso não era o seu. Pai, eu me sinto sozinha, meus pais não me ouvem mais, meus relacionamentos estão conturbados, em todos os sentidos, eu parei de viver pro senhor á muito tempo mas continuei indo á igreja, enganando o meu coração e por isso meu coração se esfriou e eu não entendi, ja que eu achava que estava andando nos teus caminhos. Pai, eu estou perdida, aqui é frio, as pessoas mal me olham, não querem conversar comigo, estou com medo pai, vem me buscar e me deixa voltar pra casa...
Eu quero voltar, a primeira essência, ao primeiro amor. Onde eu conversava contigo, te abraçava e até te beijava. Fechava os olhos e confiava em mim, olhava no espelho e acreditava em mim.
 Eu quero voltar pra casa...

0 comentários:

Postar um comentário